Polícia indicia suspeito de matar a facadas ex, filho dela e vizinho em Porto Xavier

  • 23/06/2022
(Foto: Reprodução)
Ele foi responsabilizado por feminicídio, dois homicídios qualificados e uma tentativa de homicídio. Suspeito de triplo homicídio em Porto Xavier foi levado para um casa prisional após prestar depoimento nesta quarta-feira (15) Lenise Slawski/RBS TV Foi indiciado pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (23), o homem de 36 anos que é suspeito de assassinar a facadas a ex-companheira, o filho dela e um vizinho em Porto Xavier, na Região Noroeste do Rio Grande do Sul. A filha da mulher também foi ferida com golpes de faca, mas conseguiu fugir. O crime aconteceu na noite de 12 de junho no bairro Cruzeiro. O suspeito está preso preventivamente desde o dia 15 de junho e vai responder por feminicídio, dois homicídios qualificados por motivo torpe e uma tentativa de homicídio qualificada pelo mesmo motivo. De acordo com o delegado Anderson Pettenon, responsável pela investigação, o crime foi planejado e teria sido motivado por ciúmes. O ex-casal estaria separado há cerca de um ano. "O suspeito teria ido até a casa da ex-companheira para matá-la. As outras vítimas tentaram impedir e acabaram mortas por ele. Ele disse [em depoimento] que não tinha a intenção de matá-las", conta o delegado Pettenon. O inquérito foi remetido, agora, para o Ministério Público, que deve avaliar a investigação da Polícia Civil e decidir se oferece, ou não, denúncia à Justiça contra o indiciado. Se a Justiça aceitar a denúncia, se tornará réu e começará a ser julgado As penas, em caso de condenação, ultrapassam 100 anos, segundo o delegado Pettenon. O crime A faca que foi apreendida pela polícia e teria sido usada pelo suspeito para cometer o triplo homicídio Polícia Civil/Divulgação O suspeito teria matado a facadas a ex-companheira, de 35 anos; o filho dela, de 16; e um vizinho, de 78. O homem ainda feriu outra filha da vítima, uma adolescente de 12 anos, com uma facada no peito. A menina conseguiu fugir pelos fundos da casa, foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foi hospitalizada. Ela já recebeu alta do Hospital Porto Xavier. Ele teria invadido a casa da ex-companheira, no bairro Cruzeiro, armado com a faca. A mulher foi encontrada morta com ferimentos na região do peito, abdômen e tórax. O filho dela, que também morreu no local, foi esfaqueado na região do peito. O vizinho, que teria tentado socorrer as vítimas, foi atingido na nuca, peito, pescoço e clavícula, e morreu em consequência dos ferimentos. O suspeito tem antecedentes policiais por porte ilegal de armas, lesão corporal e ameaça, de acordo com a polícia. Ele teria fugido de carro do local do crime. O veículo foi encontrado na casa dos pais dele, também em Porto Xavier. Dentro do automóvel, foram identificadas marcas de sangue. Os pais do suspeito disseram que o filho buscou algumas roupas no local e saiu sem dizer para onde iria. A Polícia fez buscas por ele, que se entregou dias depois. VÍDEOS: Tudo sobre o RS

FONTE: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2022/06/23/policia-indicia-suspeito-de-matar-a-facadas-ex-filho-dela-e-vizinho-em-porto-xavier.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Anunciantes